Skip to content

Acréscimo de 25% na Aposentadoria: é real mesmo?





Aprenda como solicitar acréscimo de 25% na aposentadoria de forma rápida e fácil!

A aposentadoria pode se referir ao fim da carreira como trabalhador de uma pessoa ou a uma espécie de remuneração recebida de acordo com a contribuição feita pelo trabalhador durante a sua vida.

Ela existe para auxiliar o trabalhador, que dedicou grande parte de sua vida ao mercado de trabalho, e por diversas questões: invalidez, idade ou tempo de contribuição já não pode mais exercer as mesmas atividades.

Dentro da lei previdenciária, que rege as questões a respeito da aposentadoria no Brasil, existem itens interessantes que podem garantir direitos que muita gente pode nem saber que existem.




Neste artigo você vai conferir tudo sobre acréscimo de 25% na aposentadoria. Quem pode solicitar, quais são as condições, quanto tempo demora o procedimento e muito mais.

Continue firme na leitura e confira as respostas nos tópicos a seguir:

Acréscimo de 25% na Aposentadoria existe?

acréscimo de 25 na aposentadoria por idade jurisprudencia
Acréscimo de 25% na Aposentadoria: é real mesmo?

Não é uma lenda ou fake news. O acréscimo de 25 por cento na aposentadoria realmente existe e está previsto na lei previdenciária número 8.213/19 no artigo 45.




Ela diz que pessoas que estejam na condição de grande invalidez possam solicitar esse adicional na quantia a ser recebida da aposentadoria.

Outro nome dado ao acréscimo de 25% na aposentadoria 2020 é “auxílio-acompanhante”, sendo assim nomeado por fazer parte das condições necessárias para solicitar o adicional.

O acréscimo não somente é real, como está fundamentado na Constituição Federal. Portanto, pode ficar tranquilo a respeito da existência desse direito do trabalhador.

Mas será que você pode solicitar o adicional? Confira no tópico seguinte quem tem direito a receber o acréscimo e quais são as condições necessárias e exigidas para que ele seja permitido.

Quem tem direito ao Acréscimo de 25% na Aposentadoria?





Como está escrito no artigo 45 da lei 8.213/91, o direito ao acréscimo de 25% na aposentadoria é para pessoas que passem por situação de grande invalidez. Mas o que isso significa?

São os casos de pessoas que necessitem de assistência de outras pessoas de forma permanente. Ou seja, quem precisam ter um cuidador ou auxiliador. Por isso o popular termo “auxílio-acompanhante”.

O trabalhador que ao se aposentar faça o pedido do acréscimo de 25% da aposentadoria precisa se encontrar em condição de dependência de cuidados.

Ou seja, ela não consegue mais se alimentar sozinha, se banhar, comprar remédios, se locomover, de forma geral, não conseguem mais ter uma rotina social de forma individual.

A lei afirma que o acréscimo deve ser dado apenas aos aposentados por invalidez, mas julgamento no STJ – Superior Tribunal de Justiça estende o entendimento para todas as demais aposentadorias.

A questão do acréscimo de 25% na aposentadoria STF ainda depende de novo julgamento no Superior Tribunal Federal, visto que uma ação do INSS suspendeu a decisão do STJ.


Como solicitar este acréscimo por telefone?

Se você quer saber como pedir acréscimo de 25% na aposentadoria pelo telefone, confira as informações a seguir.

O procedimento é simples: basta entrar em contato com a central do INSS e agendar um atendimento. Há duas opções de números disponíveis atualmente.

  1. 0800 do INSS: ligações feitas para o número 0800 728 0191 são gratuitas. O número funciona durante a semana, de segunda-feira a sexta-feira, no horário entre 7h e 22h.
  2. 135 do INSS: outra opção é ligar para o 135, mas fique atento. Apenas ligações feitas de telefone fixo são gratuitas. Os dias e horários de funcionamento são iguais aos do número 0800.

Lembrando que o contato deve ser feito por um representante legal ou procurador. Ele será orientado pelo atendente a fazer o procedimento de requerimento de acréscimo de 25% na aposentadoria por invalidez.

acréscimo de 25 na aposentadoria 2019

Como solicitar este acréscimo pela internet?

Fazer o pedido de acréscimo de 25 na aposentadoria pela internet é ainda mais fácil e rápido por causa do aplicativo oficial do INSS, o MEU INSS.

Basta fazer o cadastro no site e em seguida o login no sistema. Tudo de forma bem rápida e fácil.

Em seguida, você deve acessar o setor de agendamentos e iniciar um novo requerimento. Selecione solicitação de acréscimo de 25% na aposentadoria. Preencha os dados e informações que o aplicativo pedir e conclua o pedido.

Será possível conferir todo o processo pelo aplicativo. É importante sempre conferir, pois o INSS pode solicitar algum novo documento ou marcar uma perícia.

O site do INSS disponibiliza uma procuração para que o representante legal possa tomar conta de todo o processo de solicitação.

Quanto tempo demora para sair o resultado?

Você já aprendeu nesse artigo quem tem direito e como requerer o acréscimo de 25% na aposentadoria, mas quanto tempo demora o procedimento? É rápido? É demorado? Descubra a seguir.

A demanda de serviços do INSS é gigantesca e por isso costuma demorar muito para que a maioria dos procedimentos sejam concluídos.

No serviço de acréscimo de 25% na aposentadoria por invalidez, infelizmente, a situação não é diferente. Contar com orientação jurídica é essencial nesse sentido.

Como o STF barrou a decisão anterior feita pelo STJ, os pedidos de aposentados que não sejam por invalidez serão negados. A sua aprovação dependerá de novos acontecimentos na justiça.

Caso aconteça uma resposta negativa por parte do INSS após perícia médica, é possível entrar com recurso ou abrir um processo na Justiça. Se esse artigo foi útil e esclareceu as suas dúvidas, deixe um comentário e não se esqueça de compartilhar o link do post nas redes sociais!

Quer mais informações sobre como pedir o acréscimo de 25% na aposentadoria? Recomendamos que assista a esse vídeo no YouTube sobre o assunto!

Veja o vídeo:



Compartilhar: