Skip to content

ATENÇÃO – Atraso Pente Fino do INSS adia tudo para 2020!





O Atraso do Pente Fino do INSS no ano de 2019, para os benefícios concedidos pelo INSS de auxílio-doença, os benefícios assistenciais e aposentadoria por invalidez, segundo o governo federal, decorreu em virtude de descumprimento de prazo, pelo DATAPREV – Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência, de sistemas de auditoria para ajudar na perícia.

Portanto, o pente fino INSS 2019, deverá ser transferido para o ano de 2020. Porém, existe uma possibilidade mínima do início ocorrer nos últimos 2 meses do ano, novembro e dezembro.




Ao longo desse artigo iremos abordar esse tema em tópicos, conforme a seguir:

Atraso do Pente Fino do INSS, o que Aconteceu?

pente fino inss
ATENÇÃO – Atraso Pente Fino do INSS Adia Tudo para 2020!


Em janeiro desse ano, o presidente da república, Jair Bolsonaro, criou uma medida provisória, a 871, com o objetivo de fazer perícia em todos os benefícios concedidos pela Previdência Social, buscando combater a fraude e recuperar esses valores pagos indevidamente, para os cofres públicos.




Segundo dados do INSS, até outubro, já haviam sido cancelados ou suspensos, mais de 254 mil benefícios.

O objetivo é que essa perícia começasse em 2019, porém ocorreu um Atraso do Pente Fino do INSS, por conta da não finalização de um sistema de auditoria, desenvolvido pelo DATAPREV, para agilizar essas perícias. Por conta desse atraso, essas revisões poderão ocorrer até final de 2020, podendo se estender por mais dois anos.




O  pente fino INSS de pensão por morte, só não poderá ocorrer para aqueles casos, em que o beneficiário dependente do titular do benefício, tenha sido casado oficialmente ou essa pensão seja fruto de processo judicial.

 Com o atraso do Pente Fino do INSS tenho mais chance?

Com o  Atraso do Pente Fino do INSS para este ano e transferido para iniciar no ano que vem, não significa que você tenha mais chances de ser aprovado nessa perícia, ou de ser reprovado. Se o seu benefício foi concedido dentro da legalidade, não tem por que temer esse pente fino.

Caso ocorra uma suspeita por parte do INSS com relação ao seu benefício, você terá um prazo de 30 dias, para comprovar, através de documentação, a veracidade para estar recebendo o auxílio-doença, os benefícios assistenciais e aposentadoria por invalidez.



Com o pente fino do INSS atrasado para o ano de 2019, só prorroga essa pendência para o ano de 2020. Se seu benefício for legal, esse atraso não significa que suas chances de ser aprovado aumentam.

É só esperar ser convocado e apresentar a documentação correta e em tempo hábil. Não tente tirar proveito por conta do Atraso do Pente Fino do INSS.

pente fino

 Dicas para não cair no Pente Fino do INSS

O segurado do INSS que for convocado no pente-fino e não entregar uma defesa prévia, ou pior ainda, não foi encontrado dentro de um prazo de 10 dias, após ter  recebido uma notificação da Previdência Social, poderá ter seu benefício bloqueado, suspenso ou cortado.

Ou seja, foi notificado por meio da rede bancária onde recebe o benefício, por e-mail ou por carta e não compareceu pelo prazo de 10 dias a um posto de atendimento do INSS, poderá ter o benefício suspenso.

Caso você não compareça e tenha o seu benefício suspenso, você terá ainda um prazo de 30 dias, a partir da notificação,  para entrar com um recurso administrativo, que poderá ser julgado indeferido ou deferido.

Se tem um benefício do INSS e está aguardando esse pente fino da previdência social, fique ligado com relação a essas correspondências, tanto para não perder o prazo, como pelo conteúdo.

A seguir lhe passaremos umas dicas importantes para que você não tenha seu benefício suspenso ou cortado definitivamente:

  • Nunca relaxe com relação ao prazo de resposta para o INSS. Se seu benefício for suspenso ou cortado, você pode entrar com um recurso de defesa administrativo – o prazo é de 30 dias.
  • Em qualquer tempo que você for convocado pelo INSS, por motivos de perícias nos casos dos benefícios por incapacidade ou por um pente fino INSS 2019 do BPC (Benefício de Prestação Continuada), é muito importante você levar laudos médicos atualizados, atestados médicos constando o CID – Classificação internacional da doença, receituários com toda a medicação prescrita e usada, prontuários médico com histórico e evolução da sua doença e exames que atestam a sua incapacidade.
  • No momento da perícia, fique calmo e fale somente a verdade. Não tente usar sua incapacidade para sensibilizar o perito contando histórias tristes e exageradas.
  • E se essa estratégia não der certo e seu benefício for suspenso, procure por um especialista no assunto, que nesses casos são os advogados, que vão achar os meios legais de solucionar esse processo junto ao INSS.

 Se eu cair no Pente Fino em 2020, o que devo fazer?

Mesmo com o Atraso do Pente Fino do INSS, que foi prorrogado para iniciar as perícias em 2020, você pode ser convocado para comparecer ao INSS.

Caso isso ocorra, ou seja, você consta na lista de pente fino do INSS 2019, – Relaxe! Basta você juntar a documentação necessária, comparecer na data marcada e falar somente a verdade.

Espero que este artigo tenha lhe ajudado a entender melhor como ficam as perícias realizadas pelo INSS com relação aos benefícios.

Não perca Tempo! Entre agora e aproveite o conteúdo de nosso blog: https:// meuinssonline.com e veja outros artigos. Veja também o vídeo:



Compartilhar: