Skip to content

Saiba como ter direito ao Auxílio Emergencial do Governo Federal





Você já sabe se tem direito ao Auxílio Emergencial Governo Federal? Confira nos tópicos abaixo os requisitos, os valores, as datas de pagamento e como receber o auxílio sem complicações!

Entenda como funciona o Auxílio Emergencial, saiba quem tem direito, como receber e quando começam os pagamentos. Continue a leitura.

Com o avanço do Coronavírus e a orientação do Ministério da Saúde para que a população brasileira fique o máximo possível em suas casas, diversas medidas vêm sendo anunciadas pelo governo.

Algumas delas têm o objetivo de fornecer apoio para que todas as pessoas possam cumprir as recomendações de saúde. É o caso do Auxílio Emergencial do Governo Federal,

É grande o número de brasileiros autônomos ou informais que possuem renda baixa e dependem de um trabalho diário nas ruas para poder sobreviver.




São catadores, vendedores ambulantes, artesãos, entre outras categorias que, de uma hora para outra, ficaram sem renda por conta das necessárias medidas de saúde adotadas.

O Auxílio Emergencial Governo Federal é focado principalmente nessas pessoas. Porém, muitas dúvidas ainda cercam o assunto. Neste artigo, esclareceremos todas as questões que já foram definidas sobre o “Coronavoucher”.

Você vai ficar por dentro do Auxílio Emergencial, como solicitar, quem tem direito ao Auxílio , como será o cadastro, os valores e as datas previstas.

Confira abaixo!

O que é o Auxílio Emergencial do Governo Federal?

auxilio coronavirus como receber
Saiba como ter direito ao Auxílio Emergencial Coronavírus!

O Auxílio Emergencial Governo Federal faz parte de um pacote de medidas anunciadas pelo governo para enfrentar as consequências do Coronavírus no Brasil.

Algumas dessas medidas são de saúde, como a recomendação do isolamento social e o fechamento de estabelecimentos comerciais em todo país. Outras, são medidas econômicas para evitar recessão e falta de recursos por parte da população nesse momento delicado.




Levando em conta a grande quantidade de brasileiros que simplesmente não poderiam ficar em casa porque dependem de uma atividade informal ou autônoma nas ruas, foi criado o “Coronavoucher”.

A função do Coronavoucher é subsidiar essa categoria de trabalhadores (e também desempregados) para que eles possam cumprir as medidas de saúde recomendadas pelo Ministério da Saúde. E, como se sabe, a principal delas é não sair de casa enquanto durar a pandemia.




Contudo, ainda existem muitas dúvidas sobre o Auxílio Emergencial . Por exemplo, como funciona o Auxílio MEI? E quanto ao Auxílio para  Autônomo? Quem são, exatamente, as pessoas que podem receber o auxílio?

Confira todas essas questões nos próximos tópicos!

Quem tem direito ao Auxílio Emergencial do Governo Federal?

Após o anúncio do Auxílio Emergencial Governo Federal muita gente ficou angustiada sem saber se vai ou não ter direito ao benefício. Isso porque, incialmente a informação divulgada não foi muito clara, dando margem a interpretações diferentes.

Mas, após a publicação no Diário Oficial, os critérios ficaram estabelecidos. O Auxílio Emergencial é destinado a trabalhadores informais, autônomos e MEIs (Microempreendedores Individuais) que cumprem os seguintes requisitos:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Não possuir um emprego formal;
  • Não ser beneficiários de programas assistenciais (com exceção do Bolsa Família) ou do INSS;
  • Ter renda familiar por pessoa de até R$522,250 (meio salário mínimo) ou renda familiar total de até R$3.135,00 mensais;
  • No ano de 2018, não ter tido renda tributável acima de R$28.559,70.

Além disso, uma informação importante é que as mães de família que sustentam sozinhas toda a residência poderão ter um aumento substancial no valor do seu benefício, como veremos mais à frente neste artigo.

Quando ele será liberado?

Apesar da publicação em Diário Oficial sancionando o Auxílio Emergencial , as datas exatas dos pagamentos ainda não foram divulgadas.



Contudo, representantes do governo já mencionaram que os pagamentos devem se iniciar provavelmente no dia 10 de abril para quem está inscrito no Cadastro Único do Governo Federal e no dia 16 para quem não está no cadastro.

Para aqueles que cumprem os requisitos e estão ansiosos para sacar Auxílio Emergencial Coronavírus, é importante saber que não adianta nada correr aos bancos nesse momento. É hora de aguardar a divulgação confirmando a data oficial do saques.

Como solicitar o Auxílio?

Uma das principais dúvidas sobre o Coronavoucher é sobre a questão do Auxílio Emergencial Coronavírus como receber. Ou seja, como o governo identificará as pessoas que têm direito ao benefício?

Apesar de ainda não ter ocorrido uma divulgação oficial com os detalhes dos procedimentos para isso, já foi informado que, para aqueles que estão inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, o procedimento será muito mais fácil e o recebimento do Auxílio Emergencial Coronavírus será praticamente automático.

Já para quem se enquadra nos requisitos, mas não está inscrito no CadÚnico, o governo informou que poderá ser feita uma autodeclaração, que deve ser disponibilizada via internet em breve.

Que tipo de cadastro será feito?

Como mencionamos acima, primeiramente o governo utilizará a base de dados do Cadastro Único, que reúne informações sobre uma grande quantidade de famílias de baixa renda do Brasil.

Esse cadastro facilitará o recebimento do Auxílio Emergencial Coronavírus para essa parcela da população, que já se enquadra nos requisitos de renda definidos pelo governo e possui seus dados registrados.

Para o restante dos brasileiros que também se enquadram nos requisitos, porém não estão inscritos no Cadastro Único, será criada uma autodeclaração para solicitar o Auxílio Emergencial Coronavírus, que provavelmente poderá ser preenchida e enviada pela internet.

Qual será o valor do Auxílio Emergencial Governo Federal?

O valor do Auxílio Emergencial Coronavírus havia sido estipulado inicialmente em R$200,00 por pessoa. Mas, posteriormente o congresso acabou aprovando, por unanimidade, o valor de R$600,00 por pessoa que atende aos requisitos.

O auxílio é limitado a duas pessoas da mesma família, totalizando um máximo de R$1.200,00.

No caso de mães de família que provém todo o sustento da sua residência, o valor do Auxílio Emergencial Coronavírus também sobe para R$1.200,00.

Outra informação importante é em relação ao período de pagamento. Ficou estabelecido um período inicial de três meses de pagamentos do auxílio, mas esse período pode ser estendido caso necessário.

auxilio coronavirus cadastro

Quando começará a ser pago?

Até o momento, ainda não foi divulgada uma data oficial para o início dos pagamentos do Auxílio Emergencial Coronavírus. Essa é uma informação que deverá ser divulgada em breve pelo governo.

Contudo, já foi mencionado por representantes do governo que os pagamentos deverão se iniciar no dia 10 de abril para aqueles que possuem seus dados inscritos no Cadastro Único.

Para as demais pessoas que serão beneficiadas e precisarão fazer a autodeclaração para receber o Auxílio Emergencial Coronavírus, a data de recebimento deverá ser a partir de 16 de abril.

Como fazer uma autodeclaração para receber o auxílio?

Os procedimentos para fazer a autodeclaração e solicitar o Auxílio Emergencial Coronavírus ainda serão divulgados pelo governo.

Até o momento, sabemos que haverá uma autodeclaração destinada aos beneficiados que não estão inscritos no Cadastro Único.

Para evitar aglomerações nesse momento em que o isolamento social é a principal medida recomendada à toda população, essa autodeclaração deverá ser feita e enviada pela internet, utilizando algum sistema que deverá ser criado especificamente para isso.

Porém, os detalhes de como isso será feito ainda não foram divulgados pelo governo. Portanto, se você é uma das pessoas que tem direito ao Auxílio Emergencial Coronavírus, mantenha a calma e fique de olho nas informações que serão passadas pela imprensa nesses próximos dias!

Gostou do artigo? Quer ficar por dentro das últimas informações sobre ao Auxílio Emergencial Coronavírus? Assista a esse vídeo e veja tudo que está rolando sobre o tema:



Compartilhar: