Skip to content

Auxílio Emergencial no Bolsa Família – A verdade dos beneficiários!





Você recebe o Bolsa Família e não sabe se vai ter direito ao auxílio emergencial? Confira neste artigo informações importantes sobre o assunto e como vai funcionar o Auxílio Emergencial Bolsa Família, assim como quem tem direito ao benefício. Continue a leitura e entenda o Auxílio Emergencial Bolsa Família.

Por conta da crise do novo vírus, foi aprovado recentemente um pacote de medidas de auxílio emergencial para uma grande parcela da população brasileira.

Entre essas medidas, a mais aguardada é o auxílio emergencial para pessoas de baixa renda, que beneficia profissionais autônomos, informais e desempregados em todo o país.

Com essa ação, o governo espera contribuir para que essa parcela da população possa passar o período de quarentena sem preocupações.

Contudo, o anúncio foi feito muito recentemente, por isso ainda existem muitas dúvidas sobre o assunto. Uma das principais é a questão do Auxílio Emergencial Bolsa Família, que abordaremos neste artigo.

A seguir, você vai conferir em detalhes como vai funcionar o auxílio emergencial para os beneficiários do Bolsa Família. Explicaremos todas as regras, Auxílio Emergencial quem tem direito, as datas e a forma de pagamento do Auxílio Emergencial Bolsa Família, entre outros temas.




Confira! 

Regras do Auxílio Emergencial do Bolsa Família: Como funcionará?

Regras do Auxílio Emergencial do Bolsa Família
Auxílio Emergencial no Bolsa Família – A verdade dos beneficiários!

O auxílio emergencial para trabalhadores informais, autônomos e desempregados é um benefício voltado para a população de baixa renda do nosso país.

Quem recebe o bolsa família pode ter direito ao Auxílio Emergencial, embora o auxílio funcione de uma forma um pouco diferente nesse caso, conforme explicaremos mais à frente.

O Auxílio Emergencial foi criado principalmente para as pessoas que não têm emprego formal e precisam trabalhar diariamente nas ruas para manter o sustento da família. Vendedores ambulantes, artesãos, jardineiros, diaristas são algumas dessas categorias.




Mas, o auxílio também vai beneficiar categorias como microempreendedores individuais e desempregados, entre outras.

Tanto no caso do MEI ou para informais e autônomos, quanto no caso do Auxílio Emergencial Bolsa Família, os critérios para ter direito ao benefício são os mesmos.

Confira abaixo como funciona a questão do Auxílio Emergencial critérios:

  • É preciso que a pessoa seja maior de 18 anos;
  • Apenas quem não possui nenhum emprego formal pode receber o benefício;
  • A pessoa não pode ser beneficiária de programas assistenciais (com exceção do Bolsa Família) ou do INSS;
  • É preciso ter renda familiar por pessoa de até R$522,250 (meio salário mínimo) ou renda familiar total de até R$3.135,00 mensais;
  • A pessoa não pode ter tido renda tributável acima de R$28.559,70 no ano de 2018.

Quer saber quais as diferenças entre o Auxílio Emergencial comum e o Auxílio Emergencial Bolsa Família? Veja no tópico abaixo!

Auxílio Emergencial e Bolsa Família, o que será cancelado e mantido?

Assim que o governo anunciou o auxílio emergencial de R$600 para os trabalhadores informais, autônomos e desempregados brasileiros, muitas dúvidas começaram a surgir.




Para quem recebe o bolsa família, a primeira dúvida foi, obviamente, se os beneficiários do programa teriam direito ao auxílio. Como mencionamos, eles têm direito sim, desde que cumpram os demais requisitos.

Porém, a pessoa não receberá o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial simultaneamente. Caso o valor recebido pelo Programa Bolsa Família seja menor do que quantia a ser recebida no Auxílio Emergencial Bolsa Família, ela recebe o voucher.

Em outras palavras, o beneficiário vai receber automaticamente o auxílio de maior valor.

É importante ressaltar que, ao contrário do boato que circulou nas redes, não será preciso cancelar a inscrição no Bolsa Família para receber o Auxílio Emergencial Bolsa Família.

Além disso, para os beneficiários do programa, não é necessário realizar nenhum cadastro, pois essas pessoas já estão inscritas no Cadastro Único do Governo Federal.

Qual valor do Auxílio Emergencial para quem recebe Bolsa Família?

Como informamos acima, o beneficiário do Programa Bolsa Família deve receber o auxílio de maior valor, seja o do programa ou o do Auxílio Emergencial Bolsa Família. Mas, em nenhum caso, poderá receber ambos os benefícios ao mesmo tempo.



O valor do Auxílio Emergencial é de R$600 por pessoa, se limitando a dois benefícios por pessoa de uma mesma família. Ou seja, cada família pode receber, no máximo, R$1.200,00 de auxílio emergencial.

No caso das mães de família que sustentam sozinhas as suas residências, o valor também sobre para R$1.200,00.

A mesma regra vale para o Auxílio Emergencial Bolsa Família: O valor fica limitado ao total de R$1.200,00 por família.

Qual valor do Auxílio Emergencial para quem recebe Bolsa Família

Como o pagamento será feito? É automático?

Dentre os pagamentos dos auxílios emergenciais, o Auxílio Emergencial Bolsa Família é o mais simples de ser feito, pois vai utilizar o mesmo sistema que já é usado para fazer pagamento do benefício da pessoa.

O pagamento do Auxílio Emergencial Bolsa Família é automático e a pessoa tem acesso ao valor usando seu cartão nos terminais de atendimento, em casas lotéricas, agências da Caixa ou através da sua conta no Caixa Fácil.

Para que serve esta ajuda?

O Auxílio Emergencial Bolsa Família é um auxílio emergencial oferecido à população de baixa renda, especialmente àqueles que ficaram sem qualquer garantia de renda devido às consequências da disseminação do novo vírus.

O objetivo desse auxílio é prestar o apoio necessário para que a população possa se manter em quarentena, cumprindo as orientações do Ministério da Saúde, sem passar por necessidades básicas.

A princípio, serão três parcelas do benefício, mas o auxílio pode se estender dependendo das consequências do vírus.

Quer saber mais sobre o Auxílio Emergencial Bolsa Família?
Assista ao vídeo:



Compartilhar: