Skip to content

Informações importantes do Auxílio Emergencial Residual!





Esclareça as suas principais dúvidas sobre o confuso pagamento do auxílio emergencial residual.

O auxílio emergencial residual se difere do primeiro benefício, onde nem todos que receberam as primeiras parcelas serão contemplados com esta nova fase de pagamentos, além de algumas regras e valores que também são distintos.

Afinal, quem tem direito? Qual será o valor pago? Onde posso encontrar o calendário de pagamento?




Como ainda existem muitas dúvidas sobre o auxílio emergencial residual, e questões que não estão devidamente esclarecidas, confira abaixo um guia prático para elucidar e explicar um pouco mais sobre esta nova etapa do benefício social paga pelo governo federal:

O que é o auxílio emergencial residual?

auxilio emergencial residual
Informações importantes do Auxílio Emergencial Residual!

O primeiro ponto que causa bastante confusão e deve ser esclarecido é que o auxílio emergencial residual não é a mesma coisa que o auxílio emergencial pago até então. Se trata de questões complementares, quase como a continuação da primeira etapa do suporte oferecido pelo governo federal.




O auxílio emergencial, pago nos primeiros meses, é aquele que distribuiu aos elegíveis as 5 primeiras parcelas pagas pela Caixa Econômica Federal.

Já o auxílio emergencial residual é uma prorrogação deste pagamento onde, o governo federal mantém o benefício para alguns dos grupos elegíveis para receber o primeiro pagamento, mas onerando menos os cofres públicos. Ou seja, restringindo o número de pessoas que irão receber os valores e reduzindo a quantia para até 4 parcelas.

A definição de até 4 parcelas ocorre do seguinte modo. As pessoas elegíveis para receberem o primeiro auxílio emergencial receberão a quantia de 5 parcelas, independentemente do prazo.

Já no auxílio emergencial residual serão pagas as parcelas no mês seguinte ao pagamento da última parcela, sendo que este benefício será pago somente até o final do ano. Ou seja, só receberá este segundo auxilio quem receber a quinta parcela do primeiro auxílio emergencial antes de dezembro.

Calendário de pagamento do auxílio emergencial residual





Outra dúvida recorrente diz respeito ao auxílio emergencial residual calendário, ou seja, quando será realizado este pagamento, já que ele só existirá até dezembro de 2020. O pagamento desta segunda etapa também será realizado de acordo com a data de nascimento do beneficiário.

Assim como ocorreu no primeiro auxílio, o pagamento do segundo benefício será realizado em ciclos, totalizando 6 etapas de pagamentos, que irão até à data de 29 de dezembro, no formato de crédito na poupança social digital, e até 27 de janeiro de 2021 para quem deseja sacar o valor em espécie ou transferir a quantia para outra conta bancária.

É importante salientar que estes ciclos não se aplicam ao auxílio emergencial residual bolsa família, que serão pagos de acordo com o cronograma do próprio programa social.

Atualmente, já se encontra no terceiro ciclo de pagamentos do auxílio emergencial residual. Para quem deseja consultar o calendário de pagamento, basta acessar a Portaria núm. 496, no Diário Oficial da União.

Confira regras e informações importantes




Algumas regras importantes devem ser lembradas em relação ao auxílio emergencial residual, sendo as seguintes:

  • As novas parcelas serão creditadas apenas após o pagamento da quinta parcela do primeiro auxílio emergencial;
  • Nem todos irão receber o auxílio emergencial residual, já que o benefício será pago mensalmente somente até dezembro de 2020;
  • Os valores serão creditados até a data de 29 de dezembro na poupança social digital;
  • O calendário para quem deseja sacar, ou transferir os valores para outras contas, vai até à data de 27 de janeiro de 2021;
  • Alguns grupos terão direito ao dobro do valor do auxílio emergencial residual;
  • Algumas pessoas não terão direito a receber o auxílio emergencial residual de acordo com algumas regras estabelecidas pelo governo federal.

auxílio emergencial residual calendário

Quem deve receber?

Irá obter o auxílio emergencial residual todas as pessoas que ainda atendem os requisitos para preencher o grupo do primeiro benefício.

No entanto, o governo pode não ceder esse benefício a pessoas que eventualmente deixaram de pertencer ao grupo de abrangência, como, por exemplo, as pessoas que foram contratadas durante a crise ou, até mesmo, as pessoas que, segundo o Imposto de Renda, não atendem os critérios de renda mínima.

Onde obter mais informações via telefone?

Infelizmente não há nenhum número de telefone destinado a solucionar dúvidas sobre o auxílio emergencial residual.

Para mais informações sobre o benefício o principal canal é o site auxilio.caixa.gov.br, onde também se encontra um formulário para contato, mas apenas de modo virtual.

No entanto, caso você ainda tenha muitas dúvidas sobre o auxílio emergencial residual, confira abaixo um vídeo que aborda o assunto de maneira didática e de simples entendimento:



Compartilhar: