Skip to content

Como Emitir Extrato INSS Para Imposto de Renda

Emitir o extrato INSS para Imposto de Renda é uma forma de obter dados para inserir na declaração, no devido período.




O Imposto de Renda é uma obrigação das pessoas físicas que recebem, anualmente, a partir do valor pré-definido. Dessa maneira, trata-se de um dever cívico que os contribuintes precisam declarar a renda obtida no ano anterior.

Para que a declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física seja feita, o contribuinte deve conter em mãos alguns documentos e informes,

O Informe de Rendimentos INSS, também conhecido como comprovante de rendimentos INSS é um dos documentos necessários.




Este documento é emitido com base no banco de dados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Nele, as informações previdenciárias dos contribuintes podem ser averiguadas para fins de declaração.

O período de declaração do IRPF geralmente se estende até o início do segundo trimestre no ano.

Dessa maneira, antes desse período é recomendado que os contribuintes comecem a reunir a documentação necessária.

O informe de rendimentos do INSS 2017, por exemplo, foi usado durante a declaração feita no ano de 2018.

Isso ocorre, pois, a declaração é feita sempre referente ao ano anterior.

Hoje em dia, o contribuinte poderá emitir o rendimento INSS por si só, no autoatendimento do site do INSS.

Dessa forma, você não precisará se deslocar até uma unidade presencialmente para requerer o extrato do INSS para imposto de renda.




Para obter mais informações sobre como acessar o informe de rendimentos do INSS de forma online, acompanhe abaixo:

Extrato INSS Para Imposto de Renda
Como Emitir Extrato INSS Para Imposto de Renda

Cadastro no Site para Obter Extrato INSS Para Imposto de Renda

Para obter o extrato INSS para imposto de renda 2017 ou 2018, você deve acessar o portal meu INSS.

Se você não possui cadastro, ele poderá ser feito instantaneamente no próprio site.

Siga as instruções abaixo para emitir o seu próprio demonstrativo INSS:

  1. Acesse o portal da Previdência Social (INSS);
  2. Vá até a área de emissão de extrato INSS para imposto de renda 2017 ou 2018;
  3. Quando a página carregar, você deverá fornecer algumas informações solicitadas;
  4. Ao finalizar de preencher seus dados, avance clicando em Consulta. O INSS Informe de Rendimentos será exibido para você!

Como Funciona o Comprovante de Rendimento do INSS

O Informe de Rendimentos emitido pelo INSS, como mencionado, é de suma importância para a declaração do IRPF.

Dessa maneira, o documento irá conter informações cruciais para a devida transmissão das informações.

O extrato de IR INSS reúne dados tributáveis ou não oriundos da previdência social dos contribuintes.

Sendo assim, é justamente por causa dessas informações que este é um documento essencial para que a declaração seja feita.

No extrato de Imposto de Renda do INSS constam as informações previdenciárias contadas a partir do dia 1 de janeiro ao dia 31 de dezembro do ano anterior ao ano da apuração.

Esses dados são utilizados na declaração de forma que o fisco possa ter acesso aos dados previdenciários dos contribuintes.

Extrato INSS
Extrato INSS: Seu Imposto de Renda

Extrato INSS: Seu Imposto de Renda

Para a declaração de Imposto de Renda referente ao ano-exercício de 2018, deverão declarar, obrigatoriamente, todos os contribuintes que receberam R$1903,98 mensais.

Uma vez no ano, sua renda anual deve ser declarada ao fisco – Receita Federal.

Ao emitir o extrato INSS 2017 para a declaração feita em 2018, todas as informações previdenciárias foram constadas e catalogadas no IRPF.

Esses dados e informações, tal como a emissão do extrato para imposto de renda são emitidos e administrados pelo INSS.

O Instituto Nacional de Seguridade Social garante o fornecimento gratuito do comprovante de rendimento para INSS.

Dessa maneira, você cumpre seu dever cívico e legal perante a RFB.

Como Emitir o Extrato do DIRPF

Ao ter acesso ao extrato de Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, o contgribuinte poderá ter acesso a:

  • Possíveis pendências tributárias que deixaram a declaração em malha – você poderá resolvê-las mediante retificação do IRPF com as informações corretas;
  • Quotas do IRPF e se estão sendo devidamente pagas;
  • Você poderá solicitar ou cancelar o débito automático das quotas;
  • Identifique possíveis débitos em atraso. Se for o caso, você também poderá parcelá-los.

Você pode ter acesso ao DIRPF no próprio site da Receita Federal, mediante o uso de código de acesso ou certificado digital.

Para isso, basta acessar o portal da RFB e, sob o menu Orientação, clique em Tributária.

Em seguida, clique na opção Declarações e Demonstrativos e, posteriormente, em DIRPF – Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física.

Quem Deve Declarar Imposto de Renda

Como mencionado, o contribuinte que recebe mais de R$1903,98 deverá, obrigatoriamente, declarar seu IRPF.

No entanto, este tipo de imposto destina-se apenas à pessoa física.

Dessa maneira, pessoa jurídica, ou seja, empresas e corporações possuem uma data distinta para a declaração de IRPJ.

Sendo assim, se você recebe o valor estipulado mensalmente como pessoa física, então você é obrigado por lei a declarar seu Imposto de Renda no período pertinente.