Skip to content

Entenda a Tabela de Contribuição Mensal INSS





Veja como funciona na prática a tabela de contribuição mensal INSS.

Você já se perguntou: “Afinal, quanto devo pagar para o INSS?” Se você está querendo começar ou pretende voltar a contribuir com o INSS, é importante saber que às alíquotas (que são os percentuais de pagamento do INSS, que incide sobre o salário mínimo) variam bastante, conforme o tipo de contribuição que será feita.

Por isso, todos os anos a Previdência Social divulga a tabela de contribuição mensal do INSS atualizada, para que você possa fazer a contribuição de forma adequada.

Falando assim, pode parecer algo bastante complexo, não é mesmo? Ainda mais, se você não tem muita afinidade com as questões previdenciárias.

Pensando em descomplicar sua vida, nós preparamos este artigo. Onde vamos explicar de forma simples e detalhada, às informações relacionadas a tabela de contribuição mensal ao INSS 2019.




Se você tem alguma dúvida sobre o assunto, ou conhece alguém que tenha, não deixe de acompanhar e compartilhar este conteúdo.

O que é a Tabela de Contribuição Mensal INSS?

tabela de contribuição mensal 2019
DESCOMPLICA – Entenda a Tabela de Contribuição Mensal INSS

A tabela de contribuição mensal INSS, é um documento divulgado pela Previdência Social e o Ministério do Trabalho todos os anos, onde estão presentes alíquotas e faixas de pagamento da contribuição do INSS.




Essas alíquotas e faixas de pagamento, são calculadas sobre o valor do salário-mínimo. E variam conforme o tipo de categoria que você, como contribuinte se encaixa:

  • Empregados, empregados domésticos e trabalhadores
  • Contribuintes individuais e facultativos

Vamos explicar melhor, os valores que devem ser pagos pelos contribuintes em cada um dos próximos tópicos, aqui do artigo.

Tabela de Contribuição Mensal do INSS para Empregado

Se você trabalha como empregado, empregado doméstico ou trabalhador avulso, às alíquotas de pagamento variam conforme o valor do salário que você recebe mensalmente.




Em 2019, como você pode acompanhar na tabela de contribuição à Previdência 2019 abaixo, os valores a serem pagos são:

tabela de contribuição mensal inss 2019

É importante ressaltar que, mesmo que o seu salário seja superior ao teto do INSS R$ 5.839,45, a alíquota ainda será a mesma.

Outra informação importante é que como funcionário, esses valores presentes na tabela de contribuição são pagos pelo empregador ao INSS, todos os meses de forma automática.

Tabela de Contribuição Mensal do INSS Contribuinte Individual

Já se você é um Contribuinte Individual, ou seja, trabalha como autônomo, você deve fazer suas contribuições por conta própria.



Nesse caso, é possível escolher entre dois tipos diferentes de alíquotas, por meio da tabela de contribuição como autônomo do INSS 2019:

tabela de contribuição ao inss

Quais são as Vantagens e Desvantagens?

A tabela de contribuição como contribuinte Individual do INSS, tem algumas vantagens e desvantagens dependendo de qual alíquota você pretende pagar.

Entenda melhores quais são:

tabela de contribuição carne inss

Alíquota de 11%: O valor de contribuição é menor, no entanto, nesse caso você, só poderá se aposentar por tempo de contribuição.

Alíquota de 20 %: O valor de contribuição é maior, mas nesse caso, como você pode acompanhar na tabela de contribuição, é possível se aposentadoria por idade e também por tempo de contribuição.

Tabela de Contribuição Mensal do INSS Contribuinte Facultativo

Mesmo que você não tenha renda, também é possível contribuir como contribuinte facultativo, para poder ter direito aos benefícios do INSS.

A tabela de contribuição como facultativo pelo INSS é a mesma do contribuinte individual, que mencionamos no tópico anterior com alíquotas de 11% e de 20%.

A única variação, é para aqueles contribuintes facultativos, que são de baixa renda e estão inscritos no CadÚnico, há uma alíquota ainda menor.

Se este for o seu caso, você pode optar por contribuir sobre a alíquota de 5% do salário-mínimo, que é de R$ 49,90 por mês. Mas também, não terá direito à aposentadoria por tempo de contribuição.

Como Ver a Tabela das Contribuições Anteriores?

Surgiu alguma dúvida sobre anos anteriores? Então você pode consultar a tabela de contribuição do INSS de forma prática, através do site do próprio INSS.

https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/calculo-da-guia-da-previdencia-social-gps/tabela-de-contribuicao-mensal/tabela-de-contribuicao-historico/

Por meio do site, estão disponíveis para consulta às tabelas de 2018, até o ano de 2022.

Para que serve esta Tabela?

Solicitar a aposentadoria, pedir auxílio-doença ou até mesmo, receber a pensão por morte, por isso é importante você acompanhar a tabela de contribuição mensal INSS.

Estes são apenas alguns exemplos de benefícios previdenciários, que você pode precisar solicitar ao longo da vida. E para poder ter acesso a esses benefícios, é importante manter as contribuições do INSS em dia.

Como você pode perceber ao longo desta leitura, existem diferentes alíquotas e faixas de pagamento. Em alguns casos, dependendo do tipo de contribuição que você pretende realizar.

Isso pode fazer toda diferença, sobre o valor que você receberá do seu benefício ou, até mesmo, na hora de conseguir solicitar ou não a sua aposentadoria.

Se você ainda tem dúvidas a respeito do INSS, então continue acompanhando os artigos aqui em nosso blog e veja também o vídeo:



Compartilhar: