Skip to content

Tabela do INSS 2021 – Última Atualização do Governo!

O governo está mudando todos os meses, e para que isso não te atrapalhe do seu dia a dia preparamos para você as últimas atualizações da tabela INSS 2021. Não fique de fora sobre as novidades do nosso sistema brasileiro. Aqui você entende para que serve a Tabela INSS 2021, e a tabela de contribuições com a média salarial.

A tabela INSS 2021, nada mais serve que um auxílio para o brasileiro, para que todos saibam quando seu o seu benefício estiver disponível na conta para o saque. Você sabia que além da aposentadoria, o INSS é responsável pelo, auxilio- reclusão, auxilio- reclusão, salário maternidade e muito mais?

Confira abaixo sobre mais informações sobre Tabela do INSS:

Como consultar a Tabela do INSS 2021?

tabela inss 2021 com dedução
Tabela do INSS 2021 – Última Atualização do Governo!

A tabela do INSS 2021, pode ser consultada pelo aplicativo, confira um rápido passo a passo de como:

  1. Acesse o “Meu INSS”
  2. Entre com login e sua senha, caso não tenha, você pode realizar o cadastro;
  3. Vá em menu principal e acesse o “Extrato de pagamento”
  4. Clique no ícone de calendário para ajustar o período

Ou você pode acessar o site oficial meu.inss.gov.br, acessar seu login e sua senha. Procure pelo extrato de pagamento, e selecione a data que deseja consultar. Agora você deve estar pensando: “Para que serve a Tabela do INSS 2021? Confira a tabela de contribuições com média salarial. Quanto foi o aumento na tabela do INSS em 2021? Descontos na Tabela do INSS, como funcionam? Vale pra quem?” Continue a leitura e fique bem informado.

Para que serve a Tabela do INSS 2021?

A tabela INSS 2021 atualizada de 2021 já está disponível, mas você sabe o por que ela existe? O Governo Federal criou a tabela INSS 2021, para que os brasileiros que tem acesso aos benefícios, saibam quando estiver disponível em sua conta, atualmente o INSS é responsável pelos seguintes benefícios:

  • Aposentadoria especial;
  • Aposentadoria por idade
  • Décimo terceiro salário ou abono anual;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição completo;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-Reclusão;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Auxílio-acidente;
  • Benefício assistencial ao idoso e ao deficiente (LOAS);
  • Reabilitação profissional;
  • Pensão por morte;
  • Benefício-família;
  • Benefício-maternidade.

 Confira a tabela de contribuições com média salarial

Você sabia que já saiu a tabela INSS 2021? A tabela INSS 2021 é dividida entre duas partes, a primeira parte funciona como referente dos pagamentos para os cidadãos brasileiros que dependem dos auxílios oferecidos pelo INSS, o calendário do INSS.

Confira abaixo a tabela INSS 2021:

tabela inss 2021 contribuinte individual

Agora, a segunda tabela INSS 2021, é sobre as porcentagens de contribuição, é especificamente paras os profissionais brasileiros que atuam na contribuição. Pela tabela INSS 2021, e por este meio, é possível analisar percentual mensal para o fundo de aposentadoria.

Confira abaixo a segunda tabela:

tabela inss 2021 teto

Quanto foi o aumento na tabela do INSS em 2021?

O aumento para os beneficiários que recebem acima de um salário mínimo, o reajuste foi de 5,45% neste ano de 2021, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, agora o teto, teve reajuste dos auxílios do INSS, que de R$ 6.101,06 para R$6.433,57. Em 2020, o aumento foi de 4,48%, para todos os aposentados e pensionistas do INSS, que ganhava, mais que um salário mínimo.

Descontos na Tabela do INSS, como funcionam? Vale pra quem?

A porcentagem de desconto do INSS é sobre o salário que deve variar de acordo com o número de salários recebidos por uma mesma pessoa, dessa maneira progressiva, quanto maior o salário, mais ele terá que pagar para obter os benefícios da aposentadoria.

Confira aqui a tabela INSS 2021 desconto:

tabela inss 2021 autonomo

  • Verifique nosso exemplo para que possa te auxiliar mais no entendimento dos reajustes:

O empregado há um salário de contribuição de por exemplo R$ 1.300,00.

A partir do mês de janeiro de 2021, a alíquota efetiva será de 7,73%, e o cálculo INSS deverá ser descontado R$100,50. Agora o cálculo que deve ser feito a partir de janeiro de 2021, deve ser feito do seguinte modo. Alíquota completa 1: R$1.100,00 x 7,50%, que seria o total de R$ 82,50. Já a alíquota residual: R$ 200 x 9%, que dá um total de R$18,00.

O valor do cálculo desta alíquota acontece a partir da diferença de R$ 1.300,00, (que seria o salário recebido pelo empregado enquadrado na segunda faixa de alíquota), R$1.100,00 com base na primeira faixa de renda, sobre qual já houve incidência.

Assim, R$ 1.300,00 – R$ 1.100,00 = R$ 200,00, sobre o qual incide 9%. Resultado: soma-se do INSS da Alíquota 1 e da Alíquota 2: R$ 82,50 + R$ 18,00 = R$ 100,50 que corresponde à uma alíquota efetiva de 7,73%.

Gostou? Esperamos ter ajudado você nessas dúvidas e se você deseja saber mais sobre assuntos como esse leia o nosso blog.

Compartilhar: